Tempo São Paulo, SP

JORNAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO

Últimas Notícias

Ibama desativa garimpos ilegais em dois parques nacionais no PA

11/09
11:10 2018

O Ibama desativou garimpos ilegais de ouro e cassiterita em dois parques nacionais da Amazônia, no sudoeste do Pará, em operação realizada por agentes do Grupo Especializado de Fiscalização (GEF) nos dias 4 e 5 de novembro com quatro aeronaves e apoio da Força Nacional e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).



Oito escavadeiras hidráulicas, quatro motobombas e outros equipamentos usados para abrir novas frentes de garimpo nos Parques Nacionais do Jamanxim e do Rio Novo foram desativados. Os agentes ambientais apreenderam uma espingarda calibre 20 e cartuchos dentro de uma das escavadeiras operadas por garimpeiros no Parque do Rio Novo, avaliada em mais de R$ 600 mil. Os acampamentos de criminosos nos dois parques foram desmontados.



Foto: Ibama



O gerente de um dos garimpos relatou que a extração ilegal apenas naquela área resulta em lucro de pelo menos R$ 120 mil por mês com a venda de 1 kg de ouro. Foram constatadas condições de trabalho análogas à escravidão. O acesso de garimpeiros e o transporte de alimentos e combustível para o local é realizado por aeronaves. A inexistência de estradas impede a apreensão e retirada das escavadeiras, que podem levar até um mês para chegar à área de extração ilegal, com o uso de balsas e a abertura de ramais na mata.



Os parques nacionais são unidades de conservação de proteção integral, onde a legislação proíbe o garimpo e outras atividades. Os relatórios de fiscalização serão encaminhados ao Ministério Público Federal (MPF) para responsabilização criminal e exigência de reparação dos danos ambientais.



O garimpo ilegal destrói os cursos d'água, retira a cobertura florestal e contamina o meio ambiente com mercúrio, usado para separar o ouro de outras substâncias. Altamente tóxico, o metal pode causar danos graves e permanentes ao entrar na cadeia alimentar, tornando-se uma ameaça também para a saúde pública, principalmente em regiões como a amazônica, que têm a pesca como principal fonte de proteína. O Brasil é signatário da Convenção de Minamata, da Organização das Nações Unidas (ONU), que restringe o uso do mercúrio.



A cassiterita é um metal usado na produção industrial de produtos eletrônicos.



Autorizada pela legislação, a destruição de equipamentos usados para a prática de crimes ambientais é realizada somente em casos excepcionais. Foto: IbamaEm Terras Indígenas e Unidades de Conservação, onde a remoção do maquinário é inviável na maioria dos casos por questões de logística e segurança, a inutilização é a única medida efetiva para impedir a continuidade dos danos ambientais.



Criados em 2006, os Parques Nacionais do Jamanxim e do Rio Novo têm 862 mil e 538 mil hectares, respectivamente. As Unidades de Conservação abrigam espécies ameaçadas como a onça-pintada e a ariranha.



 


 

Fonte: Ibama

 

 

Comentários (0)

Escreva um comentário





Comentários


Mais Notícias

Pará sedia seminário de educação ambiental Leia Mais!
MMA assina acordo para proteger Caatinga, Pampa e Pantanal Leia Mais!
Brasil apresenta avanços em convenção sobre biodiversidade Leia Mais!
PREMIAÇÃO PROJETO REVIVA O ÓLEO 2018 Leia Mais!
Menos desperdício, mais conscientização Leia Mais!
Por ações ligadas ao meio ambiente, Asia Shipping recebe Selo Verde Leia Mais!
Ibama desativa garimpos ilegais em dois parques nacionais no PA Leia Mais!
Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos Leia Mais!
Iniciativa mostra como aproveitar alimentos Leia Mais!
Oficina: áreas prioritárias para conservação da Mata Atlântica Leia Mais!
MMA promove semana contra desperdício de alimentos Leia Mais!