Tempo São Paulo, SP

JORNAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DE SÃO PAULO

Últimas Notícias

Hoje é o Dia Mundial dos Oceanos

06/07
20:22 2018

Por Amanda Carolina



Em 8 de Junho do ano 1992 durante a Cúpula da Terra no Rio de Janeiro, pela Organização das Nações Unidas, foi estabelecido no calendário anual um dia específico para falar sobre eles, uma oportunidade para lembrar que todos nós devemos cuidar dos oceanos e motivar a mobilização internacional em sua defesa visando, principalmente conscientizar sobre a importância deles para todo mundo e o impacto que eles exercem sobre o Planeta Terra vai muito longe. Os números que compõe o peso dos oceanos para a vida são gigantescos, pois eles compõem 71% da superfície terrestre, e respondem por 97% de toda água do mundo, boa parte do oxigênio vem deles, por meio da produção realizada pelas algas marinhas. A fotossíntese dos plânctons é responsável pela absorção de grande quantidade de gás carbônico da atmosfera.



Nos oceanos existe uma biodiversidade rica e fundamental para toda a humanidade, eles são grandes reguladores climáticos também, pois são os oceanos que mais absorvem energia solar, que se transforma em vapor de água e vira umidade. Suas correntes marinhas e circulação atmosférica ajudam na distribuição do calor. A variação de temperatura das águas do oceano provoca diversos fenômenos climáticos, dentre eles o chamando El Niño e La Niña.



No entanto, eles estão cada dia mais ameaçados por uma série de ações predatórias e pelo descuido com suas águas. Constantemente os mares enfrentam os diversos e graves perigos causados pelas atividades do ser humano, entre os que se encontram: super exploração dos seus recursos naturais, destruição e modificação dos seus habitats e contaminação de suas águas. Tendo em conta o dano que estas atividades ocasionam ao ecossistema, é prioritário conscientizar em nível mundial sobre esta situação, a fim de evitar a destruição deste recurso natural imprescindível, como é a água. São muitos os países que utilizam os oceanos em suas economias, por meio da extração de seus recursos e nutrientes, bem como fator relevante para o turismo local e, muitas vezes, fornecedor de energia elétrica.



Portanto, é de suma importância barrar a marcha da destruição que os seres humanos estão provocando, seja por meio da contaminação das águas oceânicas, exploração ilegal dos recursos naturais, bem como da pesca sem limites, destruição e modificação do habitat, entre outras ações destrutivas.



No Brasil, estimam que apenas 1% das águas marinhas estejam sob proteção. O governo federal  aponta que 80% das espécies marinhas exploradas em atividades pesqueiras encontram-se em situação de risco.



Os oceanos são essenciais para o Planeta Terra, e não é a toa que são reconhecidamente o “pulmão do mundo”. No meio em que você convive, na tua comunidade, tente desenvolver um movimento de respeito e preservação dos oceanos. Celebremos sua riqueza, sua beleza e lembremos do nosso dever em protege-lo para esta e para as gerações vindouras:



“Oceano é vida “ !


Fonte: Jornal do Meio Ambiente do estado de São Paulo

 

 

Comentários (0)

Escreva um comentário





Comentários


Mais Notícias

COP-14: Brasil adere à Declaração para proteger habitats Leia Mais!
Conama limita emissão de poluentes para ônibus e caminhão Leia Mais!
Combate ao lixo no mar ganha força em evento internacional Leia Mais!
Pará sedia seminário de educação ambiental Leia Mais!
MMA assina acordo para proteger Caatinga, Pampa e Pantanal Leia Mais!
Brasil apresenta avanços em convenção sobre biodiversidade Leia Mais!
PREMIAÇÃO PROJETO REVIVA O ÓLEO 2018 Leia Mais!
Menos desperdício, mais conscientização Leia Mais!
Por ações ligadas ao meio ambiente, Asia Shipping recebe Selo Verde Leia Mais!
Ibama desativa garimpos ilegais em dois parques nacionais no PA Leia Mais!
Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos Leia Mais!